Incêndio no Xuxa Park

No dia 11/01/2001, quinta-feira, por volta das 21:08 hs, um incêndio irrompia no estúdio “F” do projac. A policia judiciária acionada solicitava o concurso da criminalística que posteriormente emitia um laudo que demonstrava discrepância com a investigação. Funcionando como escrivão eu participava da tomada de declarações da estrela do programa, que trouxe à tona revelações bombásticas que demonstravam que a tragédia que vitimava 40 pessoas já estava anunciada. Outras provas coletadas reforçavam a tese policial de que falhas profissionais também haviam ocorrido, porém o fato gerou mudanças na presidência da investigação com o afastamento da Autoridade. Tempos depois o Ministério Público, recebia os autos e também se convencia das apurações, ocorrendo a denuncia dos responsáveis. Uma ordem do Tribunal de Justiça, trancava a Ação Penal impreterivelmente.




Pensamentos

"A Polícia Judiciária, como exemplo, deve nortear suas apurações em “provas objetivas”, principalmente contra seus membros."

- Daniel Gomes -